SIMPATIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ 

cada dia que passa, aumenta em todos a impressão de que, por muito tempo, muita coisa que era tida como pura superstição, na realidade era relegada ao esquecimento por força dos interesses econômicos, políticos e até religiosos envolvidos no assunto. Certos assuntos eram considerados tabus e não podiam ser aventados, pois a simples menção da idéia seria uma demonstração de heresia ou de ameaça ao processo democrático. Muita coisa ainda hoje persiste. Basta uma categoria profissional reclamar aumentos de salários que aparece algum desses eternos guardiões da verdade para afirmar que isso é parte de "um processo de desatabilização das instituições democráticas." Com certeza os leitores já devem ter ouvido muito essa expressão. Como também já devem ter ouvido muita gente comentar que as simpatias populares são superstições, conservadas pelo povo e que não têm efeito nenhum. Aliás, nada que as poderosas indústrias farmacêuticas e os laboratórios médicos não temam como concorrentes, porque se sabe que a maior parte dos medicamentos é extraída de plantas, que há séculos são de domínio popular. Em resumo, o que se quer é que você jamais volte a fazer em casa um chá de erva-doce, para acalmar os nervos, e compre o famoso Ervadocex, produzido pelo laboratório X, vendido a preços módicos em qualquer farmácia e drogaria. Os mais antigos têm um nome para isso, pois há pessoas que julgam que a tradicional sabedoria popular não passa também de uma outra grande superstição e que todos são ignorantes, cegos e não percebem o que se passa diante deles. O que as Simpatias recomendavam e faziam há muito tempo, hoje começa a ser entendida. O poder da mente é uma realidade. A força da oração já foi comprovada cientificamente. O cérebro humano ainda é um ilustre desconhecido e a cada dia novas descobertas são feitas, surpreendendo os cientistas e desmistificando muitas das chamadas verdades científicas que eles defendiam. A mais recente Cruzada ou Inquisição religiosa está sendo desencadeada contra a Astrologia, condenando-a como se ela fosse produto pronto achado no lixo e não um complexo muito sério de conhecimentos amealhados aos longo dos milênios, desde que o primeiro homem olhou para o céu o percebeu que ali havia alguma coisa muito poderosa que ele não compreendia, por isso começou a observar e anotar, comentar, trocar informações e enriquecer o assunto. A Astrologia não nasceu ontem nem é produto de mentes ignorantes, assim como as Simpatias Populares, das quais extraímos estas Simpatias para uma Vida Plena e Feliz. Uma consulta à Bíblia, sem fanatismo, atendo-se especificamente ao seu aspecto histórico, segundo estudiosos e pesquisadores, já aponta a existência de simpatias a partir de Gênesis 2.17 e 18. Nesses dois versículos já vêem uma instrução típica, semelhante a muitas que hoje em dia circulam e são de domínio popular. Daí em diante, centenas de outras Simpatias aparecem na Bíblia, tratando dos assuntos mais diferentes possíveis. O tempo é o melhor conselheiro, informa a sabedoria popular. Alguém ainda duvida disso?

AMOR & SEXO
As coisas do coração ainda continuam ocupando boa parte dos pensamentos das pessoas. Incompreensivelmente, quando chegamos ao final do milênio, percebemos que toda a evolução do homem até este momento ainda não o livrou de sofrer por algo tão simples e, ao mesmo tempo, tão complexo. Talvez porque o assunto envolva emoções e, neste campo, ninguém tem o controle de nada nem detém a verdade absoluta. Cada cabeça é sempre uma sentença e as reações são guiadas por elementos subjetivos e pessoais. Mesmo assim, é interessante observar como duas pessoas que se amam ficam separadas por um capricho qualquer, por um obstáculo de nada que poderia ser transposto facilmente, se as duas se dessem as mãos. O que poderia ser resolvido com um bom diálogo e confiança, permanece no coração das pessoas como um assunto mal resolvido, uma mágoa, um espinho machucando, um animal daninho roendo e fazendo sangrar. Olhar nos olhos está sendo cada vez mais difícil para as pessoas, apesar de tudo que já se fez e já se sabe a respeito do amor. Nada é definitivo, é verdade. Sempre haverá um problema a ser resolvido. E uma Simpatia para dar a ele um final feliz.

 PARA SUPERAR O ORGULHO
Um dos momentos mais dolorosos do amor é quando, por um motivo qualquer, as pessoas se separam e o orgulho acaba impedindo que elas voltem a se encontrar, muito embora se amem muito. Os travesseiros se tornam os confidentes, acolhendo as lágrimas mais sentidas e presenciando o sofrimento solitário. Prisioneiras da indecisão, cada uma delas não sabe o que faz, se retorna ou não, se vai ao encontro ou não. Fazem isso sem perceber que isso não é um jogo para se apurar quem cede ou quem ganha no final de tudo. O que está em jogo é a própria felicidade. Assim, se o orgulho fala mais alto, mas o amor também, recorra a uma simpatia mediadora.
 MATERIAIS Uma foto sua e uma da pessoa amada, corpo inteiro. Uma metro de fita vermelha estreita. Um pedaço da mesma fita com 30 a 40 cm. Uma vaso de flor sobre uma mesa. Mel puro.
MODO DE FAZER Na terceira noite da Lua Cheia, amarre uma fotografia em cada ponta da fita, arrematando com um nó laçada em cada uma. Passe a fita por um dos galhos da planta no vaso, deixando a sua foto no alto, próximo dele, e a da pessoa amada pendente.
MODO DE USAR
Todo dia, antes de se deitar, beije a fotografia da pessoa amada, chame-a pelo nome, pedindo que venha ao seu encontro, e puxe-a para cima um pouquinho, enquanto abaixa a sua. Vá repetindo isso diariamente, de forma que em sete dias as duas fotos se encontrem no meio do caminho. Quando isso ocorrer, passe mel na face das duas e una-as, amarrando-as com o pedaço de fita. Dê o primeiro passo no sentido da reconciliação.
PARA NÃO SER ABANDONADA
 Muita mulher tem um pavor enorme de ser abandonada pelo homem que ama. Tentar entender isso é muito complexo, porque está lá dentro, na raiz de sua formação como ser humano e é algo em que não se deve mexer, mas com que aprender a conviver. O sentimento de cada pessoa tem que ser respeitado e preservado e, num caso desses, tudo que for feito com sinceridade e pureza de coração, por uma causa nobre, tem sentido. Se o caso é prender o seu homem, está resolvida a questão.
 MATERIAIS
Uma cueca dele e uma calcinha sua, usadas, mas limpas. Uma vasilha de barro. Uma garrafa de cachaça. Fósforo. Uma colher de mel. Uma foto dos dois juntos e abraçados. Material para preparar café ou o chá da preferência dele.
MODO DE FAZER
Na primeira noite da Lua Crescente, assim que o sol se pôr, pegue a calcinha e a cueca, enrole-as juntas e coloque na vasilha de barro, juntamente com a fotografia, lambuzada de mel. Despeje cachaça sobre tudo isso e ateie fogo, tomando todos os cuidados necessários para evitar acidentes. Deixe queimar até reduzir a cinzas. Se isso não acontecer, espere esfriar, mexa, jogue um pouco mais de cachaça e volte a atear fogo, redobrando aqui os cuidados, pois pode haver fogo ainda na vasilha.
MODO DE USAR
Se o seu homem gosta de tomar chá à noite, antes de dormir, prepare para ele, incluindo uma colher de sobremesa das cinzas, no momento do preparo. Tome junto com ele um pouco, na mesma xícara. Guarde o restante das cinzas para repetir isso por sete noites seguidas, depois jogue o que sobrar em água corrente. Se ele não toma chá, coloque a colherinha de cinzas no momento de preparar o café, pela manhã. Cuidado para nenhum outro homem tomar desse mesmo café.
PARA AUMENTAR O TESÃO
 A crise financeira e o estresse estão tornando as pessoas frias e sem emoção. A preocupação com a sobrevivência tem deixado muitas delas tão cansadas e angustiadas que não sobra nenhum desejo sexual, no final de um dia de luta e esforços. Entre outras coisas, porém, o sexo é um poderoso instrumento de combate ao estresse, pois ao se concentrar no corpo da pessoa amada, sentir sua pele, seu perfume e as sensações que ele provoca, você já estará realizando o melhor, mais completo e delicioso dos tratamentos. Para superar a barreira inicial dessa frieza e reacender o desejo, nada como uma simpatia adequada.
MATERIAIS Um ninho vazio de beija-flor. Penas de peito de pomba. Um coração vermelho, feito com seda, para ser recheado. Seu perfume predileto. MODO DE FAZER Prepare o coração, depois recheie-o com as penas de pomba e com o ninho de beija- flor, que deverá ficar no meio dele. Borrife um pouco do seu perfume, antes de fechar.
 MODO DE USAR Numa sexta-feira, após às 22:00 horas, use o coração para acariciar numa suave massagem a região da nuca e atrás das orelhas da pessoa amada. À medida em que ela for relaxando, avance as massagens para o rosto, pescoço, ombros e peito. A partir daí, o céu é o limite para vocês. PARA AFASTAR UM HOMEM CASADO DE SUA VIDA
 Mulher nenhuma pode afirmar que dessa água não beberei. Isto porque existem muitos homens infiéis e sem escrúpulos, que não hesitam em lançar mão de subterfúgios para conseguir satisfazer seus desejos, principalmente mentir e iludir. Quando descobrir e concluir que não deve prosseguir com isso, não sinta mal nem culpada por nada. Antes de tudo, tenha em mente que a vida é um constante aprendizado e que, no fim, você não perdeu com essa relação, mas ganhou maturidade e experiência, coisas que só se aprende na prática e que não estão escritas em livro nenhum. Para esquecê-lo, use uma simpatia. MATERIAIS
Uma moeda do menor valor existente. Uma vela branca. Um lenço branco. Fósforos.
 MODO DE FAZER
Quando você decidir terminar com ele, leve consigo a vela embrulhada no lenço e a moeda, Coloque a moeda cama, onde vocês se encontrarão pela última vez. Ao terminar o encontro, sem nada dizer a ele, recolha a moeda e embrulhe-a junto com a moeda.
MODO DE USAR
Vá direto para uma igreja e deposite a moeda na caixa de esmolas. Acenda a vela no altar principal, oferecendo-a à Virgem Maria, pedindo que proteja e ajude a esposa e os filhos dele, se ele tiver. Reze uma Ave Maria e deixe a igreja. Ao passar por uma esquina, deixe cair disfarçadamente o lenço. Observação: Se quando você deixar cair o lenço um homem apanhá-lo e for levá-lo para você, analise a situação, pois o destino pode estar lhe dando uma nova chance.
PARA ATRAIR UMA PESSOA
A timidez é um problema sério, enfrentado por praticamente todo mundo, principalmente quando se trata de começar a expressar emoções e sentimentos. Isto porque se trata sempre de uma situação nova e, por isso mesmo, difícil de ser superada. Se você gosta de uma pessoa e não sabe como fazer para atrair a atenção dela, por causa de sua timidez, recorra a uma simpatia que, com certeza, vai resolver a situação.
MATERIAIS Uma foto dessa pessoa, de corpo inteiro e sorrindo. Quatro pregos de aço. Um martelo. Uma árvore viçosa e sólida. Uma vasilha com água e mel. Uma peça íntima sua.
MODO DE FAZER
Numa sexta-feira de Lua Cheia, pegue a vasilha e coloque no fundo a fotografia da pessoa. Por cima ponha a sua calcinha dobrada duas vezes. Deixe ao relento por toda a noite.
MODO DE USAR No
 dia seguinte, pela manhã, pegue a fotografia e vá até a árvore, ficando do lado em que nasce o sol. Coloque a fotografia com a face voltada para a árvore e pregue um dos pregos em cada canto dela. Deixe ali. Quando puder ir ao encontro dessa pessoa, use a calcinha da simpatia.
PARA ATRAPALHAR UM NAMORO
Cada um tem os seus motivos e paga o preço pelos seus erros e acertos. Muitas simpatias, infelizmente, não exigem que o objetivo seja bem-intencionado, porque da mesma forma que há forças que servem o Bem, há também aquelas que servem o Mal. Se duas pessoas estão namorando e você, por algum motivo, decidiu que precisa acabar com essa ligação, há uma simpatia muito forte que, com certeza, vai ajudar nisso.
MATERIAIS Uma espiga de milho maduro e bem granada. Um lenço de tecido natural (se necessário).
 MODO DE FAZER Durante o período da Lua Minguante, faça com que o casal toque por alguns instantes essa espiga. Se isso não for possível, toque-as com a espiga, mesmo que, para isso, tenha que embrulhá-la no lenço.
MODO DE USAR Quebre a espiga ao meio. Dê metade para vacas comerem e a outra, para galinhas.
PARA FAZER A CABEÇA
 Se você já tentou de tudo para conquistar uma pessoa, sem resultado até agora, saiba que, conforme a Astrologia, existem alguns signos que só se entregam depois de muita insistência. Desistir antes do tempo pode ser uma estratégia errada, principalmente quando essa pessoa é especial e merece o sacrifício. O que você precisa é fazer a cabeça dela para conseguir conquistá-la. Para isso, uma simpatia modernizada pode servir muito bem. MATERIAIS
Uma embalagem do shampu preferido dela. Pétalas de uma rosa vermelha e de um cravo vermelho. Uma tesoura nova. Um prato limpo. Um funil.
MODO DE FAZER
É muito importante que você descubra a marca do shampu que essa pessoa usa, pois se ela não fizer uso dele, a simpatia perderá a validade. Quando fizer isso, compre uma embalagem. Numa sexta-feira de Lua Cheia, antes de ir dormir, coloque dentro de sua cueca ou calcinha as pétalas de rosa e de cravo. Durma com elas.
 MODO DE USAR
No dia seguinte, retire as pétalas e pique-as com a tesoura, em pedaços bem miúdos, no prato. Derrame metade do shampu ali dentro e misture bem, depois use o funil para devolver o shampu ao interior da embalagem. Faça com que essa embalagem seja levada até a pessoa, mas de uma forma que ela não suspeite que tenha sido mandada por você. Quem fizer isso deverá retirar a outra embalagem, para que a pessoa comece a usar a simpatia imediatamente.
PARA SER CANTADA
Há mulheres que desejam um homem e fazem de tudo para chamar a atenção deles e conseguir um encontro, sem sucesso. Essas coisas do coração são mesmo complicadas, pois muitas vezes ela tem diversos outros a seus pés, mas aquele inatingível é o que ela deseja. Diz o ditado que o que vem fácil, vai fácil e que só se valoriza aquilo que foi difícil conseguir. Por isso, é válido que essa mulher recorra a uma simpatia até para conseguir o homem de seus sonhos e de sua paixão.
MATERIAIS Um lenço vermelho de seda. Um punhal com lâmina de fio duplo. Uma fita estreita e vermelha (0,50 m)/ Uma caneta de tinta vermelha. MODO DE FAZER
Numa sexta-feira de Lua Cheia, após às 22:00 horas, estenda o lenço sobre a superfície de uma mesa e em toda a borda dele, dos dois lados, escreva o seu nome. Em seguida, escreva o nome dessa pessoa, repetindo-o tantas vezes quantas forem necessárias para formar um círculo, que deverá ser o maior possível. No centro, finalmente, escreva uma vez o nome da pessoa, depois escreva o seu, por cima, cruzando-o. Tudo isso deve ser feito dos dois lados do lenço. Quando terminar, coloque o punhal numa das pontas do lenço e vá enrolando-o firmemente. Depois disso, amarre a fita vermelha ao redor do rolinho formado e guarde dentro de sua bolsa.
MODO DE USAR Nessa mesma noite, saia à procura dessa pessoa, levando esse talismã consigo. Quando conseguir seu intento, enterre-o de ponta para baixo num canto de muro ou de cerca. Se não der certo na primeira vez, continue insistindo, levando seu talismã sempre que for ao encontro da pessoa. Perfume o talismã a partir do segundo encontro. Se não der certo até o sétimo encontro, pode desistir, porque esse encontro não estava escrito nas estrelas.
BELEZA
Atualmente, a preocupação com a beleza pessoal se tornou uma prática tão comum, que está deixando de ser tratada como pura e simples vaidade, para ganhar um conceito muito mais amplo e menos pejorativo. A beleza e a aparência pessoal passam a fazer parte do dia a dia das pessoas e, para muitas delas, elas são quase que uma necessidade. À medida em que se ampliam as construções de shopping e de lojas de departamentos, vemos aumentar o número de pessoas que, por sua obrigação de estar diariamente em contato direto com o público, necessitam cuidar do seu visual. Isso atinge indistintamente homens e mulheres, velhos e jovens. As academias de ginásticas estão sempre lotadas. Os cirurgiões plásticos estão tornando seu trabalho mais acessível à população em geral e manicures atendem um público heterogêneo em seus salões. Ao lado disso, vemos as importações de tecidos e roupas fazendo os preços das confecções caírem asssustadoramente. Se para o empresário nacional isso é mau, para os consumidores é fantástico, pois permite que todos, com pouco dinheiro, se vistam bem. A beleza ocupa naturalmente seu espaço e tudo que puder ser feito, é válido. Inclusive uma simpatia para ajudar na aparência.
PARA OS CABELOS
Cada um tem o cabelo adequado ao seu biótipo e em função de suas origens. Apesar disso, a tecnologia permite que se mude a cor e o penteado com toda facilidade, aplicando produtos de última geração, cada vez mais simples e mais baratos. A longo prazo, no entanto, ninguém sabe o que vai ocorrer com esse couro cabeludo, submetido a uma agressão química quase que constante. Se as pessoas não começarem a se preocupar com isso a partir de já, em breve poderemos ter resultados catastróficos, já que uma simples providência agora pode evitar ou amenizar a questão e uma simpatia antiga pode ajudar muito na conservação e no fortalecimento de seus cabelos.
MATERIAIS Um ovo de galinha caipira. Uma colher de cachaça de boa qualidade (branca). Um prato de louça. Uma colher de prata. Shampu adequado ao seu tipo de cabelo. Uma talha felpuda vermelha.
MODO DE FAZER No período da Lua Cheia, assim que anoitecer, quebre o ovo caipira no prato, misture com a colher de cachaça, batendo com a colher de prata até a mistura ficar bem homogênea. Reservar.
MODO DE USAR
Lave a cabeça uma vez, usando o shampu ideal para seu tipo de cabelo, depois escorra para eliminar o excesso de água. Aplique a mistura do prato em toda cabeça, massageando suavemente o couro cabelo, usando as pontas dos dedos e jamais as unhas. Enrole depois com a toalha vermelha e deixe assim por sete minutos bem marcados. Pode passar alguns instantes, mas não deve faltar. Passado esse tempo, enxágüe os cabelos, depois aplique o seu shampu preferido novamente, enxugando com a toalha, sem usar o secador. Repita mensalmente.
PARA A PELE DO ROSTO
Quando um homem olha uma mulher de frente, ele fita os olhos, depois o rosto e o resto do corpo. Se ela tiver olhos bonitos, despertará o interesse. O exame seguinte, do conjunto do rosto, aumentará fará com que ele continue ou pare por aí mesmo. Uma pele maltratada, com manchas, olheiras, espinhas e outras imperfeições seguramente acabará com o interesse inicial despertado pelos olhos. E como fazer, quando se tem olhos bonitos, mas a pele do rosto não ajuda?
MATERIAIS
 Mel puro. Um pepino ralado. Um véu usado por uma mulher casada. Água fria e água morna. Liqüidificador. Sabonete neutro. Uma toalha amarela. MODO DE FAZER
Na semana da Lua Cheia, mensalmente, após o anoitecer, bata no liqüidificador o pepino com uma colher de mel, depois coe usando o véu.
MODO DE USAR
Lave o rosto com água fria, depois aplique a mistura coada em todo o seu rosto, usando as pontas dos dedos, numa massagem bem suave. Deixe por quinze minutos, depois retire com água morna e lave o rosto, usando o sabonete neutro. Enxugue com a toalha, sem esfregar, apenas pressionando com a pele. Repita por sete vezes em cada mês.
PARA VOZ MELODIOSA E AFINADA
 Você não precisa ser um cantor ou uma cantora para se preocupar com a voz. Na realidade, muitas conquistas começaram pela voz, numa conversa por telefone. Aquele tom macio e suave, articulando bem as palavras, sabendo ser convincente e traduzindo emoção e sentimento, pode ser o estimulo que desencadeará nos outros, o desejo de conhecê-lo(a). Assim, cuidar dela é uma necessidade hoje em dia. E como fazer isso? Simples!
MATERIAIS
Um pires com mel. Metade de um limão. Uma Bíblia.
MODO DE FAZER Durante trinta dias, iniciando sempre no primeiro dia de um mês impar, antes de ir dormir, coloque a Bíblia aberta no Salmo 23, num móvel ao lado da cabeceira de sua cama. Sobre ela coloque o pires com mel e dentro dele, bem no centro, a metade do limão, com a polpa em contato com o mel. Deixar durante toda a noite.
 MODO DE USAR
No dia seguinte, ao se levantar e ainda em jejum, esprema o limão no pires, depois misture o conteúdo do pires com água e faça gargarejo com ele, limpando bem a garganta. Ao terminar, ainda em jejum, leia em voz alta o Salmo mencionado.
PARA UNHAS BONITAS E FORTES
Mãos bonitas devem ter, necessariamente, unhas bem cuidadas, firmes, com boa coloração, tratadas e esmaltadas. Tudo isso, para poder ser feito, depende de uma base firme, pois unhas que se lascam com facilidade ou fracas demais põem a perder todo o seu esforço e os seus cuidados. Para que suas unhas cresçam fortes e belas, você pode utilizar um tratamento químico demorado e caro ou recorrer a uma simpatia. O que vai ser?
 MATERIAIS Uma cebola roxa pequena. Um dente grande de alho. Um rolinho de esparadrapo. Chumaços de algodão. Um limão com casca. Liqüidificador.
MODO DE FAZER
Numa sexta-feira de Lua Crescente, após o pôr-do-sol, bata no liqüidificador o alho, a cebola e o limão, com as respectivas cascas, até formar uma massa bem homogênea. MODO DE USAR
Aplique essa massa sobre as unhas, usando o algodão, pondo em cima um pedaço de esparadrapo. Não mexa com água o resto da noite. Só no dia seguinte, pela manhã, retirar com cuidado o esparadrapo e lavar as mãos
. PARA RETARDAR A CALVÍCIE
As pessoas que têm tendência à calvície vivem um drama constante, porque ela é progressiva e não há como resistir a ela, pelos meios convencionais. Como se trata de algo genético, mudar isso é como ir contra a natureza das pessoas, o que nem sempre é possível. Em muitos casos, quem tem essa tendência deve se conformar e o que lhe resta fazer é cuidar para retardar ao máximo os efeitos desagradáveis que virão. Há produtos caríssimos, que prometem milagres, à venda no mercado, e simpatias que você mesmo(a) pode fazer, de graça. Escolha!
MATERIAIS
Um rolo de algodão. Óleo de bebê. Um travesseiro de bebe.
MODO DE FAZER
 Iniciando no primeiro dia da Lua Crescente, abra o rolo de algodão e coloque-o inteiro dentro do travesseiro de um bebê. Se tiver um recém-nascido em sua casa, deixe a criança usar esse travesseiro por sete dias seguidos. Se não tiver, peça a um parente ou amigo que tenha que faça isso por você.
MODO DE USAR
Após os sete dias, retire o algodão e volte a embrulhá-lo e guardá-lo na embalagem. A partir daí, a cada três dias, logo após o pôr-do-sol, use um pedaço do algodão para passar o óleo em todo o couro cabeludo, fazendo massagem. Deixe por algum tempo, depois lave usando o shampu indicado para o seu tipo de cabelo. Evite esfregar o couro cabeludo com as unhas.
PARA A PELE
Existem certos truques para a beleza da pele que não aparecem em nenhum dos catálogo dos mais importantes fabricantes, mas que são conhecidos e utilizados pelo povo há séculos e, possivelmente, até há milênios. Muitos desses produtos ainda hoje são utilizados no interior e passados de pai para filho. Tratam-se de produtos naturais, sem contra-indicações, que demandam um pouco de trabalho, mas que compensam pelos resultados.
MATERIAIS
5 litros de cinzas. 10 litros de água. Um balaio pequeno de bambu. Um abacate maduro. Um tacho de ferro. Fogão. Uma colher de pau comprida. Um vidro de boca larga.
MODO DE FAZER
Coloque as cinzas dentro do balaio e suspenda-o sobre o tacho. Vá jogando aos poucos a água, até que comece a gotejar no balde. A partir daí, sempre aos poucos, vá depositando o restante da água. Quando toda ela escorrer, leve o tacho ao fogo e coloque dentro a polpa amassada de um abacate maduro. Mexa lentamente com a colher, até formar uma pasta. Quando amornar, guarde no vidro de boca larga.
MODO DE USAR
Quando for lavar o rosto, os braços e principalmente joelhos e cotovelos, use essa massa, massageando suavemente. Enxágüe com água corrente abundante. Observação: Você pode deixar a massa apurar mais, deixá-la esfriar e endurecer, cortando pequenas barras, do tamanho de sabonetes. Com paciência você acerta o ponto.
 PARA CABELOS PRETOS
Quem tem e quer conservar seus cabelos pretos, deve estar atento(a) à passagem do tempo, porque ela é inexorável e, cedo ou tarde, dependendo de sua descendência e de seu histórico de vida, eles vão branquear. Há, no mercado, produtos para tingimento, produzidos quimicamente, que vão afetando também o couro cabeludo. E há, também, simpatias para esse fim.
MATERIAIS 7 folhas de azinheiro picadas. Cascas de um pepino grande picadas. Uma panela de vidro ou de ferro, com tampa. Um litro e meio de água. Um coador. Um litro vazio, limpo e esterilizado.
MODO DE FAZER L
eve ao fogo a panela contendo a água e espere ferver. Quando isso acontecer, acrescente as folhas e as cascas, abaixe o fogo, tampe e deixe por mais sete minutos, depois desligue o fogo e espere amornar.
MODO DE USAR
Coe essa mistura e guarde no litro. Deixe num lugar fresco ou na geladeira. A cada três dias, lave os cabelos, depois aplique um pouco da mistura, massageando levemente e deixando por quinze minutos. Lave normalmente depois. Quando terminar, faça nova receita
. PARA EMAGRECER
O culto à beleza, em voga atualmente, não perdoa as pessoas obesas. Por outro lado, as comidas industrializadas, os refrigerantes tentadores, os doces e o excesso de gordura favorecem a obesidade. Isso sem falar que a tensão torna a pessoa ansiosa. Ela come demais e com isso fica mais ansiosa ainda, estabelecendo um círculo-vicioso que ela precisa interromper um dia, caso não queira chegar a um ponto insustentável. Você pode ir para um spa ou fazer uma simpatia para isso.
MATERIAIS
Uma fita preta, maior que a medida de sua cintura.
MODO DE FAZER
Quando falecer alguém que você conheça, vá ao velório e, pouco antes da saída do féretro, meça sua cintura, atando as pontas da fita nessa medida. Retire-a, sem desfazer o nó, depois meça a medida que deseja ter para na barriga e dê um outro nó naquele ponto. Leve-a consigo no funeral.
 MODO DE USAR
Antes do caixão descer à sepultura, jogue disfarçadamente a fita no fundo da cova. Vire as costas e se afaste sem olhar para trás.
PARA CABELOS BRILHANTES E MACIOS
É um fator de sedução cabelos limpos, perfumados, brilhantes e macios, agradáveis ao toque. Muitos produtos no mercado prometem isso, mas é difícil um produto massificado e impessoal atender e satisfazer todo mundo. Por outro lado, há, no repertório das Simpatias, dezenas delas para esse fim. Que tal experimentar uma, antes de comprar aquele produto caro?
MATERIAIS
Três folhas de babosa picadas. Uma panela de vidro com um copo de água benta.
 MODO DE FAZER
Pôr as folhas recém-picadas na água, deixar por algum tempo, depois espremê-las.
MODO DE USAR
 Aplicar a resina nos cabelos, massageando suavemente. Deixe por sete minutos, depois lave com seu shampu costumeiro. Repetir semanalmente, às sextas-feiras.
SAÚDE
Tudo na vida pode estar ruim, mas se você tiver fé e saúde, tudo se resolverá. Não há mal que sempre dure ou que não possa ser superado com a força interior que todo mundo tem dentro de si. Força que pode ser ativada das mais diversas maneiras, mas todas elas ligadas a um pensamento positivo, sem deixar que a negatividade e as influências malignas se intrometam ou prevaleçam. É importante que se tenha consciência de que a maior parte das doenças está dentro de cada um e que ou as pessoas as criam ou deixam que criem para elas, cedendo diante do mau-olhado, da inveja ou do olho-gordo. Assim, muitas das soluções para problemas de saúde estão previstas em simpatias que, embora não tenham aparentemente nenhuma explicação científica, nem por isso deixam de ter sua força e demonstrar seus resultados, porque feitas com fé, determinação e pensamento positivo. Ao realizar uma simpatia, cada um deve ter consciência de que a solução está a caminho. Fazer uma simpatia para ver se dá certo é convidar as forças negativas, que vêm no rastro da dúvida, a aumentar sua influência perniciosa. Quanto se trata de sua saúde e de sua disposição física, não hesite. Tome o remédio, mas faça a simpatia também. Afinal, precaução e caldo de galinha...
 PARA DOR NAS PERNAS
 Há um tipo de problema que surge aos poucos, sem que se perceba. Quando se volta para casa, uma dor incômoda se manifesta nas pernas, tornozelos ou planta dos pés, mas normalmente ela se localiza na altura da batata da perna. Aparentemente se trata de cansaço apenas, mas essa dor vai ficando e se prolongando. Remédios convencionais não vai auxiliar, pois o problema não é físico, mas espiritual. Para combater esse tipo de coisa, só mesmo uma Simpatia. MATERIAIS
Uma vasilha de barro ou de ferro. Um punhado de sal grosso. Um punhado de açúcar. Água morna.
 MODO DE FAZER
Assim que voltar para casa, tire sapatos e meias, prepare a vasilha de água e acrescente o sal grosso e o açúcar, agitando bem.
 MODO DE USAR
Mergulhe os pés nessa vasilha e vá banhando a perna dos joelhos para baixo, jogando a água de cima para baixo e massageando firmemente, principalmente a batata das pernas. Quando terminar, lave as meias e as solas dos sapatos nessa mesma água. Não enxugue a pele. Deixe que a água seque naturalmente.
PARA CANSAÇO NO CORPO
É uma sensação incômoda, que toma conta do corpo, no fim do dia, tirando todo o ânimo e a energia. Todas as juntas ficam doloridas e parece que os músculos fizeram um esforço exagerado. Mesmo após uma boa noite de sono, o corpo não consegue se recuperar. Pode ser, inclusive, que isso ocorra quando você retorna de um determinado lugar, mas não há nada que se possa fazer em relação a isso. O importante é você não ir lá ou se cuidar quando voltar de lá. Para isso, há uma simpatia adequada.
 MATERIAIS
Uma vasilha de vidro, ágata ou ferro, com tampa. 5 litros de água. Um punhado de sal grosso. Três rosas brancas despetaladas. Um pouco do seu perfume predileto. Uma toalha branca grande.
 MODO DE FAZER
Ao retornar desse lugar ou quando se manifestar essa dor incômoda, leve a vasilha ao fogo, com a água. Assim que ferver, desligue o fogo e coloque dentro o sal grosso, as pétalas de rosa e o perfume, tampando em seguida, deixando amornar.
MODO DE USAR
Tomar um banho de corpo inteiro, depois derramar essa água do pescoço para baixo, lentamente, pelo peito e pelas costas. Enrolar-se na toalha, sem esfregar a pele, deixando que seque normalmente.
PARA AUMENTAR O LEITE
 Hoje em dia as mulheres estão mais conscientes, já não dando atenção a algumas crenças antigas, que diziam que a amamentação enfeava os seios. Na realidade, além de não afetar os seios, a amamentação garante ao bebê proteção contra inúmeras doenças, pois o leite materno é um dos mais completos alimentos existentes. Se há mães que hesitam em amamentar, por outro lado há aquelas que desejam fazer isso, mas não têm leite suficiente. Para essas, uma simpatia antiga deve ser feita com muita fé.
MATERIAIS
 1 kg de quirera de milho. Um punhado de sal grosso. Uma garrafa de cerveja preta. Uma toalha branca. Um saquinho de papel.
 MODO DE FAZER
No momento em que sai o sol, a mulher deverá lavar os seios, usando parte da cerveja. Depois, massageá-los com a quirera de milho e o sal grosso, aparando-os na toalha. Lavar os seios com o resto da cerveja.
MODO DE USAR
Recolher o milho e o sal e guardar no saquinho de papel. Enxugar depois os seios com a toalha. Levar pessoalmente o saquinho de papel e colocar seu conteúdo no cocho de uma vaca leiteira.
PARA O VÍCIO DO CIGARRO
Atualmente as pessoas estão mais conscientes do terrível mal causado pelo cigarro, não apenas em função das restrições impostas aos fumantes em toda parte, mas porque o conceito de saúde para a valorização da aparência, tão necessária hoje em dia, está se tornando cada vez mais forte. Quem nunca fumou, abomina o vício. Quem fuma, deseja parar, mas não consegue. Apenas a vontade de parar pode não ser possível, mas ela é o primeiro caminho. Se a pessoa estiver decidida, basta usar uma simpatia adequada para ajudar a tornar realidade o seu desejo.
MATERIAIS
Uma carteira de cigarros. Uma caixa de fósforos. Uma beira de rio, junto a uma correnteza. Decorar um pequeno diálogo ou levá-lo escrito num papel. MODO DE FAZER
 Pegue o cigarro e o fósforo e vá para a beira do rio, num final de tarde, no período da Lua Minguante.
MODO DE USAR
Acenda um cigarro, dê uma tragada e segure-o na mão direita, juntamente com o fósforo usado para acendê-lo. Diga o seguinte, então: -- Onde vai, Pedro? -- Vou curar um homem do vício do cigarro, Mestre. -- E como vai fazer isso? -- Jogando o vício na correnteza para que ela o leve para as águas profundas do mar. -- Então que o mar cure esse vício! Após dizer esse diálogo, jogue o cigarro e o fósforo na correnteza. Acenda um novo cigarro e repita todo o ritual. Faça isso até o último cigarro. Jogue o maço de cigarro e a caixa de fósforo por último e saia dali quando terminar e não volte mais a fumar.
PARA OS OLHOS
Nas cidades onde há um nível de poluição muito grande, os olhos são terrivelmente afetados e vivem constantemente vermelhos e irritados. Só que o nível de poluição da atmosfera está se espalhando para locais onde isso antes não acontecia. É importante, portanto, começar a se prevenir desde já. Deixar que uma infecção ou uma irritação se instale é uma imprudência que pode e deve ser evitada.
MATERIAIS
Um litro verde com rolha nova. Uma colher de sal refinado.
MODO DE FAZER
Pela manhã, antes do sol nascer, coloque a água e o sal na garrafa. Tampe, agite para misturar, depois deixe ao ar livre, para pegar sol o dia todo. No final da tarde, guarde-o num local fresco ou na geladeira.
MODO DE USAR Pela manhã, ainda em jejum, lave os olhos com essa água. Quando terminar, providencie um novo litro. Não faça mais do que um de cada vez. O ideal é preparar um alguns dias antes de terminar o anterior.
PARA PESADELOS CONSTANTES
Algumas doenças se manifestam estranhamente, camuflando seus sintomas de forma a confundir não apenas o doente, mas seus médicos. Com isso a pessoa acaba tomando remédios para a doença errada ou inutilmente. Os pesadelos, segundo alguns estudiosos, são uma manifestação de nossos males ou o nosso corpo pedindo ajuda. Quando isso ocorre, o tipo de ajuda está mais no aspecto espiritual do que físico. Só que, caso não seja tratado a tempo, seguramente o mal vai se estender nesse sentido. A proteção para isso ainda é a fé. Uma fé manifestada numa simpatia muito simples.
MATERIAIS
Raminhos de erva-doce ou folhas de capim-cidreira. Uma Bíblia. Material para preparar chá.
MODO DE FAZER
No primeiro dia da Lua Cheia, coloque as plantas escolhidas dentro das páginas de uma Bíblia e deixe-a na cabeceira de sua cama, por sete dias, até que fiquem secas.
MODO DE USAR
Toda noite, antes de ir dormir, prepare um chá, usando as folhas secas tiradas diretamente da Bíblia. Evite adoçar com açúcar. Prefira mel, posto no chá quente coado e mexido com um palitinho de madeira. Quando estiver acabando, prepare nova remessa. Mesmo depois de passada a crise de pesadelos, continue tomando. Mal não lhe fará
. PARA DOR NAS JUNTAS
 Muita gente tem essas terríveis dores nas juntas, que não são diagnosticadas com exatidão por médico nenhum. Não se trata de reumatismo, gota ou qualquer outra coisa semelhante. É uma dor que se manifesta principalmente na parte da tarde ou à hora de dormir. Antes de maltratar seu corpo com remédios fortes e perigosos, experimente uma simpatia simples que mal nenhum fará, mas poderá evitar dor e despesas desnecessárias.
MATERIAIS
Um litro transparente com água benta. Uma árvore com o tronco em forquilha. Uma xícara de sal grosso. Uma xícara de vinagre de maçã. Óleo de oliva. Bandagens. MODO DE FAZER
No primeiro dia da Lua Minguante, pegue o litro de água, misture com o sal e o vinagre, tampe e deixe o dia todo à luz do sol. Ao anoitecer, enterre-o ao pé da árvore, do lado em que nasce o sol e deixe até o primeiro dia da Lua Nova.
MODO DE USAR
 Retire o litro, lave-o em água corrente e guarde-o num local fresco e escuro. À noite, antes de ir dormir, aqueça um pouco de óleo e massageie a junta dolorida. Depois aqueça a água, molhe a bandagem e aplique-a na junta dolorida, deixando até esfriar. Repetir diariamente.
 CRIANÇAS
As crianças são a alegria do lar, mas representam também cuidados, atenção, dedicação, muito amor e tempo de constante vigilância. Todas as preocupações possíveis passam pela cabeça dos pais, pois um dos trabalhos em que os pais mais se empenham é em fazer tudo para a felicidade de seus rebentos. A cada momento, um novo detalhe a ser atendido e assim é nas vinte e quatro horas do dia. Até quando os filhos dormem, os pais se preocupam, pois acham que eles podem estar dormindo muito. Muita coisa pode acontecer desde os primeiros dias até a maturidade, quando os filhos se libertam dos laços e vão cuidar de suas próprias vidas, tornando-se pais também e repetindo todo o ciclo. É nesse meio tempo, porém, que estão concentradas todas as preocupações, medos e atribulações dos pais. Dar a devida atenção a cada uma delas é uma tarefa quase impossível, mas o amor sempre dá aquela força extra, capaz de superar todos os obstáculos e resolver todos problemas. Para ajudar nessa tarefa, a cada dia e a cada momento surge alguém mais experiente, com aquela simpatia certa e indicada para vencer mais um obstáculo. Numa troca constante de informações e conselhos, pais realizam um dos intercâmbios mais interessantes e úteis, contribuindo para difundir as Simpatias e espalhar seus benefícios.
PARA MÁS COMPANHIAS
Uma das grandes preocupações dos pais hoje em dia é com o envolvimento dos filhos com pessoas de má índole que, com falsas promessas, podem iludir os jovens e arrastá¬los para uma vida de desregramento e complicações. Por mais que os conselhos sejam repetidos e que a educação tenha sido esmerada, é preciso não menosprezar a capacidade do Mal em seduzir os justos e os inocentes. Assim, a proteção de seus filhos tem que ser vinte e quatro horas por dia. Para conseguir isso, só mesmo através de uma simpatia poderosa.
MATERIAIS
 Uma mecha dos cabelos, cortada na altura da nuca. Uma fita branca estreita. Uma imagem oca do Santo Protetor da criança, com um furo. Três velas brancas. Um pires. Fósforos.
MODO DE FAZER
 No dia em que a criança completar um ano, corte uma mecha de seus cabelos à altura da nuca, depois amarre-a ao meio com a fita branca. Introduza a mecha dentro da imagem, pelo furo, que deverá ser feito na base da estátua.
MODO DE USAR
Leve essa imagem para o altar familiar e acenda as três velas no mesmo pires, deixando-as queimar por algum tempo, depois, usando a cera derretida, lacrar o furo na base da estátua. Deixar as velas diante da imagem e pedir ao Santo que proteja a criança contra as más companhias, iluminando-a quando for preciso. Todo ano, no dia do aniversário dela, acenda três velas num pires, diante da imagem, até que a criança complete a maioridade.
PARA TER FIRMEZA NA VIDA
Num mundo extremamente competitivo como o em que está se transformando o nosso, as pessoas firmes e decididas terão sempre muito mais chances que as outras, mais frágeis e indecisas. Isso pode ser ensinado para as crianças, mas não pode ser desenvolvido, a menos que isso fique impregnado em seus espíritos. Para conseguir isso, existe uma simpatia especial, feita há milhares de anos, registradas nos anais das magias druidas
. MATERIAIS
Uma árvore sólida, com um tronco reto e viçosa. O umbigo da criança. O primeiro dente que cair. As primeiras aparas de unha. A primeira mecha de cabelos cortada.
 MODO DE FAZER
 No dia em que a criança nascer, escolha a árvore que será a guia dela por toda a vida. É preciso que ela seja reta e firme, pois assim será o destino da criança.
MODO DE USAR
À medida em que as coisas forem acontecendo, deverão ser enterradas ao redor da árvore. Quando cair o coto umbilical, quando suas unhas forem aparadas, quando seu cabelinho for cortado e, finalmente, quando cair seu primeiro dente de leite. Ensinar ao filho ou à filha a mesma simpatia, para ser feita no futuro. Comentar com ela que o seu destino será reto e firme como o tronco daquela árvore e que ela deve procurar ser fiel a esse preceito.
 PARA NUNCA SER TRAÍDO
Muita gente ainda não percebeu que o mundo está se transformando e que o materialismo e o consumismo estão se esgotando. Para essas pessoas, as posições, os bens e o dinheiro estão acima de tudo e elas não se importam em trair e mentir, se for necessário. Com isso jogam por terra e menosprezam aqueles que são honestos, não se importando nem um pouco em cravar em suas costas o punhal ignóbil da traição. Contra elas, nada como usar a força de uma simpatia reconhecidamente eficiente.
 MATERIAIS
 Um crucifixo negro (feito de madeira negra). Uma fita branca, de 0,50 m.
MODO DE FAZER
Quando a criança completar o seu sétimo dia de vida, e ela estiver dormindo, à noite, prenda o crucifixo à fita, depois faça-o traçar sete cruzes sobre o corpo da criança, descendo da cabeça aos pés, depois da esquerda para a direita. Rezar sete Pai Nosso.
MODO DE USAR Prenda o crucifixo à cabeceira do bercinho e só retire-o dali para transferí-lo para a cabeceira da cama, quando ele crescer. Ali ele deverá ficar até que a criança complete sete anos. Depois disso, deverá ser posto numa corrente de ouro ou chapeada e usada pela criança a vida toda. Durante os sete primeiros anos, se for preciso, trocar a fita, mas jamais deixar o crucifixo longe da cabeceira mais do que um dia.
PARA CRIANÇA QUE TROCA HORÁRIO DE SONO
Para os pais com recém-nascido em casa, nada pode ser pior do que acontecer a troca de horário, pois ele acordará no meio da noite e quer ficar brincando, enquanto as horas passam e o dia seguinte se aproxima, com trabalho e obrigações para serem cumpridas. Fazer as coisas voltarem à normalidade vai exigir que os pais deixem a criança chorando no meio da noite, até ela se cansar e dormir. Mas que mãe ou pai permitiriam isso? Então a melhor maneira é recorrer a uma simpatia antiga, usada e abusada ao longo do tempo por mães e pais agradecidos.
MATERIAIS
Um pouco de água benta. Uma colherinha de prata. Um lençol limpo.
MODO DE FAZER
 Quando a criança acordar no meio da noite, antes de dar de mamar ou trocá-la, dê-lhe um pouco de água benta, usando a colherinha de prata para isso. MODO DE USAR
Após trocar e alimentar a criança, tome as seguintes providências: vire o colchãozinho dela, troque o lençol e vire o travesseiro e as cobertas. Coloque-a de volta no seu bercinho e deixe-a quietinha lá.
PARA SE APEGAR À FAMÍLIA E À TERRA
Os imigrantes europeus, quando vieram para o Brasil a partir do século passado, sabiam que vinham para ficar e que esta terra seria a pátria de seus filhos. Por esse motivo, tiveram uma preocupação muito grande em fazer com que seus filhos se mantivessem unidos junto à família, única forma de serem fortes e se defenderem. Além disso, era importante que desenvolvessem apego à terra para justificar o empenho com que deixavam de lado todas as suas vaidades para juntar cada centavo para comprar sua propriedade. Em muitas casas antigas ainda se pode encontrar as simpatias feitas para isso. Uma delas se destaca entre todas.
MATERIAIS
 Um canivete ou uma faca de estimação do chefe da família. Uma tábua da parede da casa da família.
MODO DE FAZER
 Para cada filho que nascer, o chefe da família escolherá uma das tábuas da casa, gravando nela, com seu canivete ou faca de estimação, uma cruz de vinte a trinta centímetros. No alto da cruz, gravar o primeiro nome do chefe da família e de sua esposa. Na ponta esquerda do braço da cruz, gravar os nomes dos avós maternos. Na ponta direita, o dos avós paternos. No centro da cruz, o nome do filho que acabou de nascer.
MODO DE USAR
A partir daí, a tábua fica sob os cuidados da criança. Desde pequeno deve ser apontada para ela, para que saiba onde fica. Quando ela se casar, o nome do(a) esposo (a) será anotada abaixo do dela, no centro da cruz. Os nomes de seus filhos serão anotados no prolongamento da cruz, até a base.
PARA SE DAR BEM NOS ESTUDOS
O futuro pertence aos que estudam e se preparam para a vida. Da forma como o mundo caminha, em breve não haverá mais lugar para pessoas que nunca pegaram um livro nas mãos. As máquinas estão tomando os empregos de muita gente. Todos precisam saber manuseá-las, projetá-las ou construí-las, no futuro. Para se chegar a isso, os estudos são o único caminho. Para ajudar seus filhos nisso, preste atenção à seguinte simpatia.
MATERIAIS
Uma fotografia da criança logo no nascimento. Uma Bíblia consagrada.
MODO DE FAZER
Logo que a criança nascer, tire uma fotografia dela, de corpo inteiro. Coloque-a dentro da Bíblia, nas páginas do Eclesiastes.
MODO DE USAR
Quando a criança completar sete anos, essa fotografia deverá ser transferida para as páginas dos Salmos, onde ficará até os quatorze anos. No dia em que a criança completá¬los, transferir a foto para o Livro dos Provérbios, onde ficará até os vinte e um. A partir daí, dê a Bíblia de presente para ela. Observação: Durante todo o tempo, a criança jamais deverá ter acesso a essa Bíblia, que terá de ser abençoada antes da simpatia e mantida num local bem escondido, para que a foto não saia do lugar onde foi posta originalmente. Recomenda-se, para essa simpatia, um tipo de Bíblia pequena, fechada com zíper.
PARA BIRRA
 Criança birrenta é um transtorno para os pais, pois estão sujeitos a passar vergonha em público, com as manhas da criança. Esta, depois que percebe que pode dominar os pais, usa e abusa de seus truques infantis para obter tudo que deseja. Criar filhos sem limites ou parâmetros é um risco muito grande e nada tem a ver com liberdade. A liberdade implica em responsabilidade e não em tirania dos pequenos, que acaba acontecendo, se os pais não se cuidarem. Para isso, nada como uma velha simpatia.
MATERIAIS
Três espinhos de laranjeira. Três espinhas grandes de peixe. Um saquinho feito de algodão. Uma panela de ferro com tampa.
MODO DE FAZER
Pegue os três espinhos e lave-os com água fervente. Faça o mesmo com os espinhos de peixe, que deverão ser tirados após se cozinhá-los até que se desprendam da carne. Colocar os dois dentro do saquinho de algodão, que deverá ser fervido em seguida, por meia hora, na panela tampada.
 MODO DE USAR
Mantenha esse saquinho dentro de uma embalagem fechada, na sua geladeira. Quando for preparar a mamadeira, o suco ou outra refeição líquida para a criança, coloque o saquinho dentro, enquanto cozinha. Não deixe que a criança veja você usando o saquinho. Use por sete dias seguidos, depois enterre-o num canto de muro ou de cerca.
 PARA URINA SOLTA
Um dos problemas mais comuns que os pais enfrentam, à medida em que seus bebês vão crescendo, é o controle das necessidades fisiológicas. Desde cedo eles devem ser ensinados a usar os recipientes corretos e a seguir horários. Nem sempre, porém, isso acontece, porque cada pessoa é completamente diferente da outra. O descontrole, porém, pode afetar a criança e, à medida em que ele se impõe, mais a criança fica insegura e menos controle tem sobre isso, num círculo-vicioso que não acaba nunca. Para ajudá-la, nada como uma simpatia antiga e eficiente.
 MATERIAIS Um pedaço de telha nova. Uma panela de ferro. 3 litros de água. Um litro branco com rolha, esterilizados. Coador de papel.
MODO DE FAZER
Coloque a telha no fundo da panela, despeje a água por cima, depois deixe ferver até reduzir a um litro. Espere amornar, passe pelo coador engarrafe. Mantenha na geladeira.
MODO DE USAR
Toda noite, antes de dormir, de uma colher dessa água para a criança. Pela manhã, quando ela acordar, faça o mesmo. Repita diariamente, até acabar. PARA EGOÍSMO E GÊNIO RUIM A
criança é egoísta por natureza, mas cabe aos pais dar a orientação e a educação para que ela supere essa fase e aprenda a dar ou repartir suas coisas. Muitas delas, em função desse egoísmo, tornam-se geniosas e insuportáveis. Quando chega nesse ponto, é difícil corrigí-las, por isso é importante cuidar disso logo no início. Para tanto, lance mão de uma simpatia simples e prática.
 MATERIAIS Dois brinquedos de borracha.
 MODO DE FAZER
 Numa sexta-feira, compre os dois brinquedinhos de borracha e mantenha-os em suas embalagens.
MODO DE USAR
Nessa mesma noite, quando a criança dormir, coloque um deles na cabeceira do bercinho ou da cama e o outro nos pés. Pela manhã, antes que ela acorde, retire-os e esconda-os sobre o berço ou caminha. Repita isso até a manhã da sexta-feira seguinte. Nesse dia, antes que a criança acorde, leve os dois brinquedos até um jardim de uma praça, próximo de sua casa, e deixe-os ali, ofertando-os a São Cosme e São Damião, pedindo que ajudem a educar a criança na caridade.
 SORTE
Ao consultar um dicionário, percebe-se que são várias os sentidos dessa palavra, mas todas elas com algo em comum: o imprevisível. Nenhum deles trará a Sorte como um animal domesticado ou treinado, que faz as coisas à nossa vontade. Aliás, parece que ela tem vontade própria e não se submete a nada, a não ser a seus próprios caprichos. Alguns estudiosos, porém, vêem a Sorte como uma mulher vaidosa, senhora de seus encantos, que sabe o quanto é desejada e, por isso mesmo, pode escolher a quem entregar seus favores. Apesar de ser uma visão poética, ela está muito próxima da realidade, pois ninguém conseguiu, até agora, colocar a Sorte a seus pés. Pelo contrário, todos se arrastam aos pés dela. Só que a Sorte tem uma sina que ela carrega consigo. Ela tem que ser de alguém. Ela não pode, em qualquer circunstância em que ela seja posta em jogo, fugir de pertencer a alguém. Dessa missão ela não pode fugir e, quer queira ou não, ela terá que se decidir. É onde entra a validade das simpatias, que buscam mover forças positivas de atração e fazer com que a Sorte volte seu rosto na direção de quem a chama. Se ela tiver que escolher alguém, que seja alguém para quem ela está olhando agora.
 PARA SORTE NO AMOR
Não há dúvida de que o amor é a força poderosa que move as molas do universo todo. Sem ele a Humanidade não teria percorrido esse caminho de avanços e conquistas, principalmente nos últimos dois milênios, quando um Homem ensinou o verdadeiro significado dessa palavra. Não há, hoje, homem ou mulher que possam enfrentar a vida com determinação se não tiver, a impulsioná-los, esse que é o maior dos sentimentos. Muita gente se lamenta de não sorte no amor, de ficar para trás, de perder as oportunidades, de não ter tido ainda sua chance. Tudo acontece ao seu tempo, porém. Talvez isso tenha ocorrido porque não conhecessem esta simpatia.
 MATERIAIS
Raspas dos dois chifres de um touro reprodutor. Penas do peito de uma pomba no choco. Pétalas de rosa vermelha. Uma folha de papel branca. Um pedaço de papel metalizado.
MODO DE FAZER Na terceira noite da Lua Cheia, após as 22:00 horas, pegue as raspas do chifre do touro, junte com as penas de pomba e as rosas vermelhas, colocando-as no meio do papel e dobrando-o cuidadosamente, vincando bem o papel ao fazer isso. Embrulhar com o papel metalizado e enterrar, nessa mesma noite, junto às raízes de uma planta em que o tronco se divida em dois galhos principais.
MODO DE USAR
Deixar esse talismã enterrado ali por sete dias. Só na outra sexta-feira, à noite, no mesmo horário, vá desenterrá-lo. Pode jogar o papel metalizado. A partir desse dia, leve o talismã consigo em sua bolsa ou carteira. Comece a se soltar no contato com as pessoas do sexo oposto, confiando na força do seu talismã.
PARA SORTE O ANO INTEIRO
Muita gente se daria por satisfeita se tivesse a sorte do seu lado apenas por um único momento, fazendo-a ganhar um grande prêmio ou uma loteria. Enganam-se essas pessoas, pois de nada adiantaria ter azar o resto da vida, pois a fortuna em breve seria dissipada e nada restaria, a não ser o amargor da oportunidade perdida. O importante não é ter uma só grande sorte, mas pequenas sortes a vida inteira. É mais divertido e emocionante. E para obter isso, nada como confiar na força e no poder de uma simpatia que tem atravessado os anos.
 MATERIAIS
 Uma imagem abençoada de N. S. Aparecida. Sete botões de rosa branca. Agulha e linha branca. Um envelope branco. Uma Bíblia.
MODO DE FAZER
No dia 12 de outubro, dia da nossa Padroeira, ao meio-dia em ponto, pegue a linha e a agulha e alinhave os sete botões pela base, junto ao cabo, formando um colar. Colocá-lo ao pescoço da imagem.
 MODO DE USAR
À medida em que o tempo for passando e as flores forem secando e deixando cair suas pétalas, vá recolhendo-as e guardando-as no envelope, que deverá, por sua vez, ficar guardado no interior da Bíblia. Sempre que precisar de sorte para alguma coisa, acenda uma vela diante da imagem, reze uma Ave Maria, depois queime uma das pétalas secas na chama da vela, fazendo seu pedido em seguida para a santa.
PARA SORTE NO SEXO
 Há, sem sombra nenhuma de dúvidas, neste exato momento, milhares e milhares de homens e mulheres que ainda não conheceram o verdadeiro prazer do sexo. Muitos são frustrados, outros traumatizados, mas todos, indistintamente, carregam em si a marca do azar em suas primeiras experiências, seja na escolha da pessoa, seja na escolha do local, seja na escolha do momento. Tudo isso é importante. Sexo não é uma prática que se aprende instintivamente. É uma arte e uma ciência que exigem de seus adeptos dedicação, conhecimentos e sorte na escolha. Para ter tudo isso, muita gente tem usado, ao longo dos séculos, uma simpatia muito simples.
MATERIAIS Três conchinhas inteiras. Três espinhos de limeira. Três moedas. Pétalas de três cravos para o homem ou Pétalas de três rosas para a mulher. Um coco verde aberto e sem água. Um lenço de seda vermelho. Ferramentas para fazer um buraco.
 MODO DE FAZER
No dia cinco de maio, durante o dia, de forma que ainda dê tempo de pegar sol no local, abra um buraco junto ao tronco de uma árvore alta, cheia de galhos e com muitas folhas. Mais tarde, pouco antes da meia-noite, pegue o coco e vá colocando dentro dele, pela ordem, as pétalas da flor respectiva, as conchinhas, os espinhos e as moedas. Embrulhe depois no lenço vermelho.
 MODO DE USAR
À meia noite em ponto, enterre o coco, embrulhado com o lenço, no buraco feito durante o dia. Repita três vezes a seguinte intenção, enquanto cobre com terra: Coco encaixa buraco No buraco encaixa o coco Na vida o prazer é pouco Sem ter firmeza no taco. Observação: Nesse dia consagrado a Vênus, as melhores árvores para receberem a simpatia são os ipês, floridos em sua maioria nesta época do ano.
PARA SORTE CONTRA FEITIÇOS
 Existem certas coisas que podem ser feitas pelas pessoas que muitos, que têm o coração puro e são incapazes de maldade, não entendem como alguém, em sã consciência, pode fazer ou desejar tanto mal para seus semelhantes. Infelizmente isso existe e ninguém está livre desse tipo de coisa. A qualquer momento em sua vida você pode cruzar com gente assim e é bom que esteja protegido, para não ser contaminado pelo pior tipo de azar que pode existir. Proteja-se!
MATERIAIS
Um crucifixo lavrado de osso, com a figura do Cristo. Um copo com água benta.
MODO DE FAZER
 Na sexta-feira santa, participe da procissão do Senhor Morto, levando ao pescoço o crucifixo, com a imagem do Cristo voltada para frente. Ao voltar para casa, coloque o crucifixo dentro do copo com água benta.
MODO DE USAR
Deixar o crucifixo dentro do copo até o dia seguinte, quando deverá ser retirado e usado constantemente, só que invertido, com a imagem do Cristo voltada para o peito. Use uma corrente de ouro ou chapeada. Evite ao máximo tirar o crucifixo, mantendo-o sempre em contato com sua pele. Repita todo ano a simpatia.
PARA SORTE NA SUA CASA
 Segundo os místicos, uma construção é um organismo vivo, capaz de absorver emoções e impressões de todos os acontecimentos que se verificarem em seu interior. Isso provoca um acúmulo de energias que tanto podem ser positivas como negativas. Se forem positivas, sua família vai se beneficiar do alto astral desse imóvel. Se forem negativas, todos logo começarão a perceber o azar se instalando em suas vidas. Assim, o melhor é prevenir-se, expulsando o azar e abrindo espaço para que a sorte se instale em sua nova casa, promovendo nela uma limpeza, antes de se mudar para lá.
MATERIAIS
Um crucifixo bento. Um litro de água num recipiente de boca larga, com tampa. Uma colher de sal grosso. Uma colher de vinagre. Um buraco aberto junto a uma árvore alta e frondosa. Um raminho de arruda.
 MODO DE FAZER
No dia anterior à mudança, pegue o vidro, coloque a água no recipiente e ponha dentro o crucifixo, o sal e o vinagre. Enterre-o no buraco aberto junto da árvore.
MODO DE USAR
No dia da mudança, desenterre o recipiente e chegue à nova casa antes de todos. Abra portas e janelas e, com o raminho de arruda, vá aspergindo água em todos os cômodos, sempre na direção das janelas ou portas externas. O raminho deve ser queimado depois. O que sobrar na água deverá ser jogado nos quatro cantos do muro ou da cerca.
PARA SORTE NO BARALHO
Toda simpatia para jogos de baralho são eficientes, na medida em que são novas. Quando são divulgadas e todos passam a usá-la, em pouco tempo já há um equilíbrio de forças e ela perde sua eficácia. Algumas, no entanto, nunca passam, pois são muito fortes, como é o caso desta.
MATERIAIS
 Um guizo de cascavel. Um saquinho de algodão vermelho. Um chumaço de algodão. Uma carta da Rainha de Espadas. Sete velas pretas e fósforos. MODO DE FAZER
Numa sexta-feira, antes da meia-noite, pegue o guizo da cascavel, envolva no chumaço de algodão e coloque dentro do saquinho, juntamente com a carta, dobrada ao meio, mas sem vincá-la. Costure a boca do saquinho e leve-o para fora da casa. Coloque na terra e ao redor disponha as velas, formando um círculo. Acenda as velas e afaste-se, deixando-as queimar até o fim
. MODO DE USAR No dia seguinte, antes do sol nascer, apanhe o saquinho e guarde-o numa caixa ou gaveta de madeira, sem nenhum objeto de metal por perto. Sempre que for jogar, leve esse talismã no seu bolso. Observação: Sempre que você estiver jogando e aparecer no jogo a Dama de Espadas, mude disfarçadamente o talismã de bolso.
PARA EVITAR O AZAR
 Quem já andou por um pasto, onde existem pés de carrapicho, pode fazer uma boa imagem do que seja o azar. Como o carrapicho, ele vai se grudando e aos poucos infestando o corpo da pessoa, até um ponto em que ela fica totalmente tolhida. Para tirá-lo é trabalho de paciência, pouco a pouco, sem pressa e sem afobação. Por isso, o melhor é sempre evitá-lo do que ter que trabalhar depois para removê-lo.
 MATERIAIS
 Um copo de água benta. Um dente de alho com casca. Um raminho de alecrim.
MODO DE FAZER
Por nove sextas-feiras seguidas, quando for dormir, coloque atrás da porta um copo com água benta, um dente de alho e um raminho de alecrim, deixando até o dia seguinte.
 MODO DE USAR
 No dia seguinte, quando se levantar e ainda em jejum, beber nove pequenos goles do copo, depois atirar todo o restante do conteúdo pela janela, na direção do sol. Repetir a cada nove meses.
PARA DAR AZAR A ALGUÉM
Há certas práticas pouco recomendáveis que, em determinados momentos, assumem o papel de justiça, para quem não tem outra força de obtê-la. Ter sido injustiçado, sacaneado e humilhado, sem ter como reagir, faz com que muita gente viva uma vida frustrada. Se não há outra forma e a simpatia não está sendo usada gratuitamente, sem motivos e traiçoeiramente, faça o que tem que fazer, sem peso na consciência!
MATERIAIS
 Sete penas de galinha preta. Esporas de um galo de briga morto de velhice. Raspas de chifre de um boi (capado). Foto da pessoa em questão. Uma garrafa de cachaça. Um charuto. Três velas pretas e fósforos.
 MODO DE FAZER À
sexta-feira, de preferência na Lua Minguante, antes da meia-noite, derrame um pouco da cachaça ao seu redor, traçando um círculo ao seu redor. Disponha as velas pretas, formando um triângulo dentro desse círculo. Acenda o charuto e assopre a fumaça na direção de cada uma dessas velas, depois para cima, deixando-o no chão. Pegue a garrafa de cachaça e coloque dentro as penas de galinha, as esporas do galo e as raspas do chifre. Enrole a fotografia e enfie dentro, tampando em seguida. Deixe no meio do triângulo e saia, dando três passos para frente. Deixe as velas queimar até o fim.
MODO DE USAR
Nessa mesma noite, quando as velas se apagarem, leve o charuto e a garrafa consigo e passe diante do portão da casa dessa pessoa. Deixe o charuto no chão, com a ponta voltada para a entrada. Depois derrame o conteúdo da garrafa, de forma a cortar o caminho da pessoa, tanto à esquerda quanto à direita. O que sobrar deverá ser deixado no portão de um cemitério.
PARA AZAR NA FAMÍLIA
É comum uma determinada família começar a ter desentendimentos, muitos deles sem razão aparente, e ninguém conseguir fazer nada para evitar isso. Junto com essa desarmonia, vem uma onda de azar que começa a se espalhar e atingir uma a uma das pessoas que moram na casa. Com certeza alguém foi contaminado por algum mau-olhado e está passando a mesma coisa parta os membros da família. Para resolver isso, só mesmo apelando para uma simpatia das mais poderosas e eficazes contra esse tipo de coisa.
MATERIAIS
Uma fogueira feita com madeira e gravetos. Tantos ramos de arruda quantos forem os membros da família.
MODO DE FAZER
Faça uma fogueira num local seguro, dispondo a madeira em forma de cruz e amontoando gravetos na parte do centro. Quando as chamas estiverem altas, vá atirando os ramos de arruda na fogueira, acompanhando a cruz formada pela madeira. Primeiro no alto, depois embaixo. Em seguida à esquerda e depois à direita
. MODO DE USAR
No momento em que for atirando os ramos de arruda na fogueira, observe aqueles que crepitam mais alto ou estalam, marcando a pessoa a que o ramo se refere. Quando as chamas se apagarem, mande que aquela pessoa urine naquele local.
 PROFISSÃO & NEGÓCIOS O
país precisa hoje, mais do que nunca, de investimentos. Passou-se o tempo da especulação improdutiva, onde todo o dinheiro ia para a ciranda financeira e nada se revertia em benefício do comércio e da indústria. Inclusive esses setores, por muito tempo, se deixaram cegar pelos encantos dos ganhos monetários, deixando de aplicar na renovação do maquinário e na adoção de novas técnicas. Estão pagando um preço muito caro por isso, porque agora estão descapitalizados, não têm como investir nem competir com as importações, já que lá fora a produtividade é muito maior e os preços são altamente competitivos. O jogo financeiro acabou e todo mundo, para fazer dinheiro, tem que se dedicar a algum ramo de comércio. Há muito campo hoje no país, pronto para ser explorado por aqueles que dispõem de meios para investimento. Apenas isso vai tirar o país da crise, gerando novos recursos em impostos, abrindo novas frentes de trabalho e movimentando o comércio local, pelo aumento do número de consumidores, representados pelos novos empregados. Para tudo isso, porém, além do cuidado e do planejamento, é preciso contar com uma ajuda extra: as simpatias.
PARA UMA NOVA CONSTRUÇÃO
Todo engenheiro, mestre de obras ou o proprietário sabem que muita coisa pode acontecer, durante a construção de imóvel. Logicamente procuram se cercar de todos os dispositivos de segurança, mas nem tudo é previsível. Além disso, se tudo der certo na construção, resta saber se o que for desenvolvido ali dentro terá sucesso, se será um local de sorte ou se será mais um mico. Uma das formas de garantir o sucesso é uma simpatia adequada e muita gente sabe disso. Esta é uma das mais praticadas.
MATERIAIS
5 moedas do mesmo valor. 5 galhos de alecrim. 5 pedrinhas de correnteza de rio. Água benta. Ferramenta para abrir pequenos buracos.
MODO DE FAZER
Antes de iniciar a obra, no centro do terreno já marcado, abra cinco buracos, como se fossem as extremidades de uma estrela de cinco pontas. Um deles deverá ser orientado na direção da nascente do sol. Isso deverá ser feito momentos antes do sol surgir.
MODO DE USAR No momento em que nasce o sol, colocar, pela ordem, uma moeda em cada buraco, depois um raminho de alecrim e, finalmente, uma pedrinha do rio. Derramar um pouco de água benta em cada buraco, jogando o restante na direção do sol. Fechar os buracos com terra, socando bem. PARA VENCER UM CONCORRENTE
 Há concorrentes que se sentem incomodados com o trabalho de um determinado comerciante e concentram nele todo o seu trabalho de contrapropaganda, fazendo o possível para arruinar ou denegrir a imagem de quem é seu colega de profissão. Como muita gente ainda acha que destruir é a melhor maneira de se subir na vida, nada como lançar contra eles um pouco do seu próprio remédio. MATERIAIS 2 velas, sendo uma branca e outra amarela. Uma faca de ponta. Um prato com vinagre e sal. Um prato com leite e mel. Fósforos.
MODO DE FAZER
Numa sexta-feira, pouco antes da meia-noite, pegue a faca e cuidadosamente escreva, de cima para baixo, na branca, o seu primeiro nome e na amarela, o do seu concorrente, ambos bem perto das pontas das velas. Acenda a amarela normalmente e coloque-a em pé no prato com vinagre e sal. Acenda a branca pelo final e fixe-a no prato com leite e mel. Deixe que ambas se queimem até o final.
MODO DE USAR Recolha o conteúdo do prato com vinagre e atire diante do estabelecimento do seu concorrente. O do outro prato, diante do seu. A faca deverá ficar guardada num local, com a ponta voltada na direção de seu concorrente, até que passe a campanha que ele move contra você.
PARA SABER SE DEVE DESMANCHAR UMA SOCIEDADE
Desmanchar uma sociedade é uma decisão que deve ser bem pensada, principalmente se ela vem dando certo. Nem sempre se sabem os desígnios do destino, mas há algumas coisas que ninguém entende e que de repente passam pela cabeça das pessoas. Se o seu sócio ou sócia quer desmanchar a sociedade, sem maiores explicações, deixando você na dúvida, decida-se fazendo uma simpatia muito simples, tendo em mente que não se deve obrigar uma pessoa a fazer o que não quer, da mesma forma como não se deve pagar o pago no lugar dos outros.
MATERIAIS
Um prato com sal grosso e pimenta-do-reino. Uma vela verde e fósforos.
MODO DE FAZER Na mesma noite em que seu sócio ou sócia comunicar o desejo de desmanchar a sociedade, à meia-noite em ponto, pegue a vela e acenda-a, fixando-a no centro do prato com o sal e a pimenta, deixando queimar diante de uma janela aberta.
MODO DE USAR
Quando a vela terminar de queimar, observar como ficou o interior do prato. Se a vela queimou sem causar alterações, deixando apenas a sua marca no local, concorde em desmanchar a sociedade. Se a vela não queimou direito e formou um coágulo no centro do prato, trate de examinar com cuidado todos os documentos da empresa, antes de qualquer decisão. Há alguma coisa no ar.
PARA DESMANCHAR DE VEZ UMA SOCIEDADE
Se você tinha sociedade comercial com alguém e desmanchou a parceria, trate de remover do seu local de trabalho toda e qualquer influência que possa ter ficado da outra pessoa. Isto porque, quer queira ou não, o processo de arrependimento é certo e cedo ou tarde ela vai se cobrar pelo erro cometido. Nesse momento, sua inveja, fortalecida por forças negativas, atravessará o espaço para ir ocupar os lugares que ela julga ainda lhe pertencer. Evite isso com uma simpatia fácil de ser feita.
 MATERIAIS
33 pedacinhos de papel com o nome do ex-sócio. Meio litro de água. Uma xícara de vinagre. Uma xícara de sal grosso. Um ramo de arruda e outro de alecrim.
MODO DE FAZER
No primeiro dia de trabalho, após a saída do(a) sócio(a), antes de iniciar o expediente, espalhe os papelinhos no chão, por todo o local. Depois misture a água, o vinagre e o sal grosso e, com os dois raminhos juntos, vá borrifando todo o local, mas molhando apenas o chão, nunca móveis ou prateleiras. MODO DE USAR
Nesse dia, após isso, mande fazer uma faxina geral em todo o estabelecimento, varrendo o chão, tirando teias de aranhas eventualmente existentes e poeira que esteja acumulada principalmente nos locais altos. Só reabra o estabelecimento depois disso.
PARA NÃO SER DERRUBADO
Quem trabalha num meio onde há diversos outros colegas, conhece muito bem a expressão puxar o tapete, que significa derrubar a outra pessoa para tomar o seu lugar. É a estratégia preferida daqueles que preferem subir pisando nos outros. Para enfrentar gente assim é preciso ter muita resistência, muita esperteza e usar uma simpatia forte.
 MATERIAL
Osso de uma canela de boi já desossada. Papel para presente. Fita vermelha estreita. Panela de ferro e água. Uma faca afiada. Uma vasilha com tampa. Vinagre e água sanitária. Verniz.
MODO DE FAZER
Pegue um osso de canela de boi e leve-o para cozinhar na panela, até que toda a carne tenha se desprendido dela. Raspe com a faca para não deixar resíduo algum. Quando estiver bem limpo, coloque-o numa vasilha com tampa e cubra com uma mistura de três-quartos de água e um quarto de vinagre e água sanitária em proporções iguais. Deixe num local escuro por sete dias, depois retire e lave em água corrente, pondo para secar ao sol. Depois de seco, envernize.
 MODO DE USAR
Num domingo à noite, antes das 24:00 horas, embrulhe esse osso cuidadosamente no papel de presente, amarrando com a fita. Leve-o disfarçadamente para o seu local de trabalho e deixe-o num local onde ninguém mexa. Se possível, mantê-lo à altura de sua própria canela, mas nunca acima de sua cabeça.
PARA NÃO METEREM A MÃO NO CAIXA
Quem tem empregados deve partir do princípio de que todo mundo é honesto, mas deve também confiar, desconfiando. Para completar, não se esquecer que o que engorda o gado é o olho do dono. Assim, estar sempre atendo é importante. As tentações são muitas e para cada controle criado, surgem dez novas formas de burlá-lo. Para não ter que desconfiar de ninguém, previna-se com uma simpatia muito antiga, mas sempre eficiente.
MATERIAIS
Uma ratoeira velha, que já tenha apanhado muitos ratos. Uma moeda ou uma cédula de qualquer valor.
MODO DE FAZER
Prenda a moeda ou a cédula sob a mola da ratoeira, guardando-a na gaveta de dinheiro ou na caixa registradora.
MODO DE USAR
Explicar para cada empregado que tiver acesso ao local que aquilo se trata de uma mágica antiga, ensinada por uma feiticeira, para que o dinheiro não suma do caixa. Frisar que é armadilha para desonestos, nunca para os honestos e que o empregado nada tem a temer.
PARA AUMENTAR A CLIENTELA
 Em qualquer ramo de trabalho, inclusive para os profissionais liberais, toda a razão de investir e existir é o retorno dado pelos clientes. Na falta desses, todo o trabalho fica prejudicado. Uma das mais importantes ações, portanto, é atrair essa clientela, de forma que ela aumente sempre. Para isso, há uma simpatia muito simples.
MATERIAIS
Uma caixa de fósforos nova.
MODO DE FAZER
Pela manhã, assim que o comércio abrir, passeie pelas redondezas de sua loja, conversando com as pessoas e levando a caixa de fósforo. Para cada pessoa que conversar, acenda um fósforo e volte-se na direção de seu estabelecimento, assoprando para apagá-lo. Guarde o fósforo de volta na caixa, só que invertido em relação aos que ainda não foram riscados. Faça isso até acender todos os palitos.
MODO DE USAR Volte para o seu estabelecimento e guarde a caixa de fósforo em sua caixa registradora. Se quiser repetir, faça-o só depois de sete dias. Meça os resultados, só para seu controle e para recomendar a simpatia para outras pessoas.
PARA O SEU ALTAR DE NEGÓCIOS
Há algumas práticas, usadas há muito tempo em outros países, na forma de simpatias, que se deram certo lá, com certeza também darão certo por aqui. Uma delas, para os negócios, é montar o Altar Lunar, eficiente no fortalecimento das relações comerciais da empresa, aumento de negócios, lucros, diminuição de problemas com empregados e outras vantagens. Tudo é muito simples, mas deve ser feito com respeito e fé.
MATERIAIS
Uma âncora de ouro, formato pingente. Uma cruz de prata, no mesmo formato. Um machado de madeira, em miniatura. Um pé de coelho. Um suporte solitário para vela de bronze ou cobre. Uma toalhinha de linho. Velas verdes e fósforos. Um pires branco.
 MODO DE FAZER
Num local isolado de seu estabelecimento ou local de trabalho, forre com a toalhinha e no centro coloque o candelabro. Diante dele, o pires branco. MODO DE USAR
Para atrair a sorte para os seus negócios, no primeiro dia de cada fase da lua, coloque no pires o talismã respectivo e acenda uma vela verde. Repita indefinidamente. Observação: Na Lua Cheia, colocar a âncora no pires. Na Lua Nova, a cruz. Na Crescente, o machado. Na Minguante, o pé de coelho. Manter sempre limpo o local. Se quiser, nos demais dias, queime o incenso de sua preferência no altar.
PROTEÇÃO
A legítima defesa é um preceito legal que assegura a qualquer cidadão o direito de se defender, com os meios a sua disposição e de forma moderada, contra qualquer ataque contra si ou contra terceiros. Mesmo nos casos de crime de morte, se houve o recurso da legítima defesa, o réu tem grandes chances de ser absolvido. Em Simpatias existe um conceito semelhante, não estabelecido numa lei, mas ditada por uma lei maior, a da ação e reação, que faz com que a maldade endereçada a uma pessoa, seja devolvida da mesma forma, num outro princípio conhecido como volta, retorno ou choque. Em resumo, ela diz que você tem o direito de se defender, pode se defender e deve se defender, até por uma questão de justiça, para que a maldade praticada não fique sem a devida punição. Há inúmeras maneiras de se anular um feitiço, um trabalho, um mau-olhado ou um malfeito e você pode lançar mão desses recursos, sempre que sentir sua vida ser espiritualmente ameaçada pelas manifestações do mal. O que você deve ter em mente é que isso deve ser feito sem ódio, com moderação, apenas fazendo com que o que veio contra você retorne com a mesma força e a mesma intensidade com que o(a) atacaria. Tudo graças ao poder se uma Simpatia.
PARA DEVOLVER UM FEITIÇO
Não é muito difícil perceber quando um feitiço foi lançado contra você. Basta procurar ao seu redor pelas pistas que ele deixa, normalmente atacando aquelas pequenas coisas que lhe são importantes, ganhando forças para avançar pouco a pouco, até dominá-lo(a) totalmente. É aquele vaso de flor que secou inesperadamente, é o vaso preferido que trincou, é o aparelho de som que pifou ou uma roupa que você adora que rasgou inesperadamente. São pequenos detalhes, vindo numa seqüência e aborrecendo. Quando perceber isso, faça a simpatia.
MATERIAIS
Um chifre de bode. Um espelho de mão. Água com sabão numa vasilha. Cinzas.
MODO DE FAZER
 Ao perceber os sintomas, espere a sexta-feira seguinte. Às dez horas da noite, vá para o quintal ou para um local onde haja terra, levando os materiais acima. Espalhe as cinzas ao seu redor, formando um círculo. Do lado de fora das cinzas, vá derramando a água com sabão, acompanhando o círculo. Abra as pernas e no centro do círculo coloque o espelho, depois o chifre de bode por cima, cruzando-o.
MODO DE USAR Repita três vezes a seguinte intenção: Avan, Avar, Avatar, Molon, Sebeth, Acajou: Façam daqui o feitiço voltar Direto para quem o mandou! Dê um passo para frente, saindo do círculo. Deixe tudo ali e só desmanche tudo no dia seguinte, quando o sol surgir. Guarde o chifre e o espelho, após lavá-los em água corrente.
PARA DESFAZER UM MALFEITO
O malfeito pode ser explicado como sendo um trabalho superficial, só para atrapalhar sua vida num determinado sentido, que tanto pode ser o familiar, como o amoroso, o profissional, o das amizades ou qualquer outro. Você percebe suas manifestações porque tudo relacionado àquele assunto começa a dar errado. Quando isso ocorre, a solução é mandar de volta tudo isso. Para fazer isso, só com a simpatia correta, sem se preocupar em saber quem está por trás do malfeito. MATERIAIS Um pedaço de casca de árvore. Um pedaço de espelho. Uma fogueira.
MODO DE FAZER
Numa quarta-feira, assim que anoitecer, acenda a fogueira e espera levantar chamas. Com um graveto em chamas, escreva a palavra Malfeito no lado de dentro do pedaço de casca de árvore, coloque o pedaço de espelho em cima, com a face voltada para as letras, depois atire na fogueira.
MODO DE USAR
Com as chamas ainda ardendo, urine ou jogue urina na fogueira, depois deixe-a continuar queimando. No dia seguinte, quando o sol surgir, pegue as cinzas e espalhe-as ao redor de sua casa ou pelo menos diante do portão de entrada. Se encontrar o pedaço de espelho, lave-o e guarde-o como amuleto.
PARA VENCER O MAU-OLHADO
 Este tem sido um dos meios mais comuns, usados pelas pessoas de má índole para atacar os justos e os inocentes. Quem pratica isso, é porque tem maldade em seu coração e merece receber de volta tudo que mandar. Caracteriza-se, principalmente, um desânimo generalizado na pessoa, sono, perda de ânimo e isso pode atacar tanto ela quanto seus entes queridos, seus animais de estimação e até suas plantas. Para se livrar disso, há muitas simpatias. Este é uma das mais interessantes.
MATERIAIS Os olhos de um boi morto. Um pires com vinagre e sal grosso. Um pires vazio.
MODO DE FAZER
Numa sexta-feira, obtenha os olhos do boi. Depois do anoitecer, lave-os em água corrente, depois coloque-os dentro do pires vazio e passeie com eles por sua casa, entrando pela porta da frente, percorrendo todos os cômodos, depois saindo pela porta dos fundos e indo até o portão de entrada.
MODO DE USAR
Transferir os olhos para o pires preparado com vinagre e sal grosso. Colocá-lo num ponto oculto na frente de sua casa, de forma que eles fique voltados para a entrada, como se vigiassem todos que entrassem por ali. Deixe a noite toda. No dia seguinte, quando o sol surgir, lave o pires em água corrente, depois jogue-o fora.
 PARA DESMANCHAR UM TRABALHO
Um trabalho é uma maldade feita estruturada e deliberadamente, com um fim específico, normalmente muito forte, destinada a amarrar sua vida ou atrapalhá-la em todos os sentidos. Quem faz isso faz com ódio e falsidade no coração, apelando para forças negativas e perversas, merecendo, portanto, o castigo que receberá em troca. Você sentirá a ação dessa praga em sua vida quanto tudo, absolutamente tudo começar a desmoronar ao seu redor. Antes que assuma proporções exageradas, trate de combatê-la.
 MATERIAIS
Trinta moedas do mesmo valor. Uma garrafa de cachaça. Um charuto ou um maço de cigarro sem filtro. Um maço de velas. Uma faca velha, amolada. Fósforos.
 MODO DE FAZER
Vá a uma encruzilhada, um pouco antes da meia-noite e espalhe as moedas formando um círculo. No centro coloque a garrafa de cachaça, o charuto, o maço de velas e o fósforo.
MODO DE USAR
Com a faca amolada, faça um risco a sua frente e diga em voz alta: "Aqui corto seu caminho, e lhe pago pra voltar, Com o pagamento de Judas, seu dono vá procurar." Recue outro passo, risque de novo a terra e repita as palavras. Faça tudo de novo uma terceira vez, depois vire-se de costas e se afaste, sem olhar para trás. Quando estiver fazendo isso, atire a faca com força por cima do seu ombro esquerdo. Reze um Pai Nosso enquanto vai embora.