O MARIDO LARGAR A AMANTE

Escreva o nome dela numa cueca usada dele, e diga com fé: "(nome do marido), você vai largar (nome da amante) e o seu coração vai se encher de desprezo por essa mulher. O nome dessa vigarista ordinária vai arder junto com essas chamas". Em seguida, bote fogo na cueca, jogue as cinzas na privada e dê descarga rapidamente, sem deixar nenhum vestígio.

 

PARA AMARRAR MARIDO EM CASA

Numa sexta-feira de Lua Minguante, após as nove horas da noite, pegue uma foto dele de corpo inteiro, escreva seu nome e o de seus filhos, se tiverem, no verso da foto, dentro de um círculo. Sobre os nomes já escritos, escreva o nome de seu marido. Em seguida,pegue uma linha vermelha e vá enrolando ao redor da fotografia, dando um nó cego a cada volta, até cobrir toda a superfície da foto. Ponha dentro do travesseiro dele.


PARA SEGURAR MARIDO EM CASA

Numa sexta-feira de Lua Cheia, após as nove horas da noite, pegue um par de chinelo velho da  pessoa que deseja segurar em casa e enterre-o de cabeça para baixo do lado de dentro do portão da casa onde ela mora. Se morar em apartamento, poderá fazê-lo num vaso, só que o vaso terá de ficar do lado de dentro da porta, jamais na sacada ou no hall de entrada.


PARA SEGURAR MARIDO QUE SE ACEITA DE VOLTA

Pegue uma cueca dele usada e, sem lavá-la, dê três nós, depois enterre-a do lado de dentro da cerca ou muro de sua casa, mas num lugar onde não passe gente. De preferência,ponha sete pedras em cima. Se ganhar uma muda de amor-perfeito, plante-a no local,fazendo um círculo com as pedras ao redor da muda. Ninguém deve saber desta simpatia e jamais, mas jamais mesmo, permita que uma outra mulher jogue água naquele local.


PARA PRENDER MARIDO NO SACO

Numa sexta-feira de Lua Cheia, durante o dia, entre as sete da manhã e as duas da tarde, compre um desses sacos brancos, usados para fazer guardanapos, deixe-o de molho em água com bastante sal grosso por três horas, troque a água, depois ferva-o por mais três horas, depois seque-o.Tudo deve ser feito de forma que às nove da noite ele esteja seco. Nada impede que se use uma secadora de roupas ou que ele seja seco no ferro. O importante é que, naquela hora, ele já esteja seco.Assim que der nove horas, coloque dentro do saco uma fotografia de corpo inteiro do marido, amarrando depois a boca do saco bem forte, com tantos nós quantos você tenha paciência para dar.Após isso, guarde o saco estendido entre o estrado da cama e o colchão, bem no meio,com a parte amarrada na direção dos pés.


PARA O MARIDO NÃO SER TRAÍDO

Pegue um retalho de qualquer peça de roupa velha dela e uma palmilha de um sapato velho, que tenha sido bem usado por ela. Coloque tudo dentro de um envelope, que você deverá endereçar a você mesmo, levando-o para o seu local de trabalho e deixando num lugar onde ninguém mexa, principalmente outro homem.É muito importante frisar bem isso. Nenhum homem pode tocar ou mexer nesse envelope. Quanto mais escondido ele ficar, melhor para você.


PARA MARIDO BISCATEIRO

Três dias antes de terminar a Lua Cheia, compre um freio para cavalo (aquela peça de ferro que vai na boca do animal), deixando-a sob o colchão, do lado em que ele dorme.Após três dias e antes das seis horas da tarde, levante o colchão e puxe o freio para o seu lado da cama. Veja bem: você terá de  arrastar a peça pelo estrado. Não a levante apenas e mude de lugar. Arraste-a o mais próximo da beira da da cama do seu lado que puder.Como ele não deve ver nem tocar essa peça, algumas mulheres costumam pô-la dentro de um saco de tecido, no meio de uma peça de roupa ou embrulhada num jornal. Jamais use plástico para isso.Algumas têm usado, com um sucesso rápido e inesperado, embrulhar o freio numacalcinha usada.


PARA MARIDO BOTEQUEIRO

Pegue uma garrafa da bebida predileta dele, escreva o nome dele no rótulo, com letras bem grandes, depois enterre-a do lado de dentro de seu portão, de ponta-cabeça. Se morar em apartamento, enterre num vaso que fique dentro de casa, jamais na sacada ou mesmo na janela.


PARA ADOÇAR ESPOSA

Numa sexta-feira de Lua Minguante, após as nove horas da noite, pegue uma agulhavirgem e quando sua esposa estiver dormindo, passe a agulha sete vezes pela roupa dela,em qualquer parte. Depois enfie a agulha no centro de um limão, jogando-o o mais longe possível de sua casa, mas sem sair do seu portão.


PARA REVITALIZAR UM CASAMENTO

Numa noite de Lua Nova, após as nove horas, pegue meio copo de água, despeje sete colherinhas de café de mel ou de açúcar, acrescente sete colherinhas de vinho branco, sete pitadas de sal e sete de pimenta.Junte ervas aromáticas a seu gosto (orégano, coentro, manjericão, hortelã, o que tiver à mão) e qualquer outro tempero de sua preferência, exceto coisas amargas.Deixe tudo no sereno, no meio de um prato branco, em cima de uma fotografia do casamento, onde apareça o casal. No dia seguinte, após o sol nascer, beba sete pequenos golinhos desta água, depois jogue o resto em água corrente.Ponha a foto sob o travesseiro do marido ou mulher, deixando o dia todo, depois guarde normalmente. No almoço a outra pessoa deverá comer no prato usado para a simpatia.Repita a cada sete anos.


 

PARA DOBRAR MARIDO "RECLAMÃO"

Na primeira noite da Lua Minguante, pegue uma fotografia recente dele, passe mel em toda a sua superfície, depois dobre-a, de forma que a estampa e o mel fiquem para dentro.Amarre com uma fita branca formando uma cruz, arremate com um nó laçada e jogue no telhado de sua casa. Deixe lá.


PARA ARRUMAR UM BOM MARIDO

Na noite da véspera do dia de Santo Antônio, crave até o cabo uma faca de ponta numa bananeira e deixe-a lá até o sol nascer, no dia seguinte.Retire-a e embrulhe-a num lenço branco, enrolando uma fita branca ao redor em seguida. Guarde com você. Quando se casar, leve esse talismã com você na lua-de-mel,deixando-o todo o tempo debaixo do colchão.Quando for para sua casa, leve-o e faça o mesmo. Jamais o tire de lá nem permita que mais alguém o toque, principalmente outra mulher.


PARA CASAR LOGO

Vá a uma igreja onde haja uma imagem de Santo Antônio, levando sete velas e sete espigas de milho, num bolso à direita do corpo. Comece acendendo a primeira vela e diga:Santo Antônio, quero casar logo! Em seguida, passe uma espiga do bolso direito para o esquerdo.Faça o mesmo com todas as velas e com todas as espigas. Quando terminar, saia da igreja e procure um local onde haja bastante passarinhos. Debulhe as espigas, jogando o milho no chão. Leve as espigas e atire-as uma a uma numa correnteza ou na praia.Diversos registros indicam que até o sétimo mês a maioria dos casamentos são realizados.


voltar